#2 Estratégia detox para mais vitalidade

Alimentação


Somos diariamente expostos a toxinas e o nosso Sistema de Desintoxicação é responsável por essa “limpeza” do nosso organismo.

Principais órgãos do nosso sistema de Detoxificação:

  • Fígado
    O fígado é um órgão que processa e purifica toxinas e resíduos metabólicos do nosso organismo.
  • Intestino
    É uma das primeiras barreiras que nosso corpo tem para eliminar toxinas que vem do alimentos e produtos que ingerimos. Tem a função de excretar as toxinas e resíduos não absorvidos.
  • Rins
    Os rins eliminam substancias toxicas do sangue, mantém o PH sanguíneo em equilíbrio ácido-básico e realiza a excreção de substâncias exógenas e endógenas, como medicações e toxinas produzias em nosso organismo, através da urina.
  • Pele
    A pele é o maior órgão do nosso corpo! Funciona como barreira de poluentes e substâncias que entram em contato com nosso corpo e também participa do processo de excreção através da transpiração.

E como nos intoxicamos?

  • Via Exógena:
    Vem de fora do nosso corpo.
    Alimentos, agentes químicos, água, ar, produtos que consumimos com metais pesados (por ex. maquiagem).
poluição constante do meio que vivemos.
  • Via Endógena:
    Nós produzimos, através do nosso metabolismo. Metabólitos de processos químicos internos. Substâncias produzidas através de alimentos mal digeridos, fezes não excretada.
intoxicação dentro do nosso organismo.

Alguns órgãos do nosso corpo tem importante função em nosso sistema de detoxificação, são eles:

Sinais de que nosso sistema de detoxificação está sobrecarregado:

Estar com o sistema intoxicado pode até ser comum, mas não deveria ser normal!
Muitos de nós estamos até acostumados a sentir dores e mal-estar de forma crônica.
Alguns sinais que podem ser um aviso de sobrecarga do sistema:

  • Dores de cabeça
  • Inchaço e retenções
  • Distensão abdominal
  • Cansaço físico e mental
  • Dificuldade de emagrecer
  • Baixa imunidade
  • Problemas de pele e alergias
  • Inflamações e dores

E como podemos potencializar o processo detox?

Consumindo:

  • Mínimo de 2L de água por dia;
  • Consumir chás de ervas naturais.
  • Alimentos de verdade como: frutas, legumes, grãos, verduras (especialmente as de coloração verde escura), peixes e proteínas em geral;
  • Shot diário desintoxicante.
  • Sucos Detox.

Não consumindo:

  • Nenhum tipo de açúcar: (açúcar mascavo, açúcar invertido, maltodextrina, dextrose, sacarose, glucose, xarope de milho, etc)
  • Glúten/ Farinhas Brancas;
  • Frituras;
  • “Comidas prontas”/
  • Comida industrializada;
  • Álcool.

Uma boa estratégia de detoxificação:

Ritual matinal (em jejum):

  • 2 copo d’água
  • Fazer o Shot Detox ou Suco Detox.
  • Exercitar-se por pelo menos 40 minutos.
    O exercício físico é um excelente aliado ao processo detox.
  • Tomar um banho gelado.

Chás e ervas indicadas:

É indicado consumir chás de ervas todos os dias (pelo menos 600ml ao dia).

  • Dente de leão
  • Carqueja
  • Cavalinha
  • Chá verde
  • Hibisco
  • Salsinha
  • Hortelã
  • Boldo
  • Centella
  • Camomila
  • Erva Cidreira
  • Chá verde + Hibisco + Carqueja Carqueja
  • Centella + Hortelã Salsinha + Cavalinha
  • Camomila + Boldo + Erva cidreira
  • Chá verde Dente de leão + Hortelã + Hibisco

Alimentos e suplementos indicados:

  • Cúrcuma;
  • NAC ( N-acetilcisteína)
  • Glutamina
  • Gengibre
  • Canela em pó
  • Guaraná em pó
  • Clorella
  • Spirulina

No próximo artigo falaremos mais sobre como ter uma alimentação anti-inflamatória e sobre o poder que alguns alimentos podem ter em nossa saúde! Não perca!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.