Cicloviagem Zurich a Barcelona – parte 1

Expeditions Lifestyle

Imagine um lugar com mais de 70 mil quilômetros de ciclovias com infra-estrutura de primeiro mundo, sinalização e segurança.
Parece sonho mas esta é EuroVelo, um conjunto de rotas para ciclistas que cobre grande parte da Europa, conectando diversas cidades de 43 países europeus com infinitas possibilidades de roteiros!
Imagine agora a possibilidade de juntar a paixão pelo ciclismo e pelo esporte à paixão por viajar e conhecer novos lugares, novas culturas e paisagens de perder o fôlego.

E é exatamente isso que eu e Rene decidimos fazer: percorrer em 30 dias de viagem, 2000km seguindo algumas destas rotas.
A cicloviagem começou saindo de Zürich, na Suíça , e tem como destino final Barcelona, na Espanha.

Suiça

Dia 1 – chegada em Zürich

A Suiça tem um ar diferente em suas montanhas. Com certeza uma das paisagens mais lindas moram por lá. Como já dizia Guilherme Botelho: “Tem que ser merecedor para nascer na Suiça”.

No primeiro dia saímos de Zürich e percorremos 90km passando por vários lagos de degelo com paisagens surreais até chegar em Flüelen.

A cidade de Zug, que está às margens do Zugersee, é encantadora e aproveitamos para comer uma Mohnkuchen, torta típica sazonal de semente de papoula, na beira do lago.

Dia 2 – destino Andermatt

Localizado nos Alpes Suiços, Andermatt impressiona com o contraste das montanhas e a cor de suas águas!

O maior destaque de ANDERMATT são as estradas que cortam a região, entre as mais bonitas dos Alpes e provavelemente do mundo.
Pedalar pelo Sustenpass , passando por
Göschenen , que tem um riozinho com uma cor de água impressiona!!

E seguir o caminho através do Passo de São Gotardo passando pelo Desfiladeiro de Schöllenen, com seus paredões íngremes e a ponte do diabo Teufelsbrücke e seu rio forte foi de arrepiar.
Paisagens de tirar o fôlego e as subidas também 🥵.
A Subida até ANDERMATT é cinematográfica e vale todo o esforço.


Dia 3 – destino VISP


Saímos de 1450m de altitude para alcançar 2436m no Furkapass.
Fazer o Furkapass foi indescritível.
As curvas dessa estrada vão fazendo um desenho na montanha magnífico .
Foi nas curvas de passo que foi filmado o filme James Bond de 1964.
Mas, a experiência mais incrível foi visual descendo para Oberwald. Fantástico!!
Aqui também nasce o Rio Rhône e é possível visitar a gruta de gelo no glaciar Rhône .
Após a descida seguimos por vale também cinematográfico, passando por cidadezinhas com suas casas todas em madeira e seus jardins típicos.
Ainda passamos por uma floresta com um caminho imperdível, em Grengiols.
E seguindo o Rio chegamos em Visp, após 102km.

Visp, uma cidade pequena e mais jovem. Aqui encerramos nosso dia.



Dia 4 – destino Montreux

Foram 136 km beirando o Rio Rhône com ciclovias em todo o percurso.
Algumas cidades interessantes pelo caminho como Sion, a mais antiga cidade da Suíça.
Sion tem 2 castelos e a Matterhorn/Cervin/Montanha do Toblerone! Sim, a montanha que está na embalagem do Toblerone. Muitos vinhedos nas encostas do Rio, uma região forte na produção de vinhos
Seguimos passando por Martigny, onde o Rio Rhône faz um cotovelo e muda um pouco a sua rota.
Pedalamos ao lado Rio todo percurso até chegar em MONTREUX.


Dia 5 – destino Genebra

Que dia icônico!!!
MONTREUX é uma cidade que vale a pena ficar pelo menos um dia inteiro. A cidade mais importante da música na Suíça. Aqui acontece o Festival de Jazz e
Freddie Mercure fez história aqui e ganhou um estátua de frente ao Lac Leman. Tem também o museu do Queen.
Seguimos beira o lago, até Vevey, a cidade da Nestlé (tem o museu Alimentarium).
Na praça central tinha uma feira só de produtos locais, e foi aí que compramos o lanche para o caminho.
Passamos também por Corseaux e Lavaux com seus vinhedos nas encontras do Lac Leman, são 830 hectares que fazem parte do Patrimônio da UNESCO tamanha a sua beleza e importância.
Passamos também por Lausanne, encantadora, onde entramos pela primeira vez no Lac Leman.
Toda esse lado do lago é incrível e tem vários passeios de barco para quem gosta.
Seguimos viagem até Genebra onde fizemos um dia de descanso .
Nosso último dia na Suíça.
Genebra fica na área sul do Lago Léman, rodeada por montanhas e com uma vista impressionante para o Mont Blanc.
Fizemos um dia de descanso (de pedal rs) em Genebra, onde aproveitamos para curtir a cidade à pé, conhecer pontos históricos e nadar no lago!
.

Dia 7 – destino Belley

Saindo da Suíça e entrando na França.
Paisagens bem diferentes e igualmente lindas.
A cor do Rio Rhône e seus canais impressiona.
Passamos eclusas e uma usina hidrelétrica. O Rio já é grande e bravo.
A placa da rota eurovelo muda de cor, agora é branca.
Dia bem quente, mas, fizemos uma parada para refrescar no canal de Savières .
Seguimos para Belley.


Acompanhem os próximos episódios!

Ah! Registrei todos os dias em detalhes pelos stories do instagram.
Para quem quiser acompanhar a parte Suiça é só clicar neste link:
SUIÇA Stories • Instagram @lucianapolini

2 thoughts on “Cicloviagem Zurich a Barcelona – parte 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.