Cicloviagem Zurich A Barcelona – Parte 2

Expeditions

Dia 8 – De Belley á Aix les Bains.

Resolvemos sair um pouco da rota, que segue o Rio Rhône, para conhecer essa cidade que está nas margens do Lac du Bourget, o maior lago da França.

No caminho ficamos encantados com a estrutura construída para ciclistas, as pontes, as ciclovias e principalmente um túnel que cruzamos de 1,5 km, especialmente construído para ciclistas, que nos levou à margem do lago.

Aix les Bains é uma cidade incrível, ótimo destino tanto no verão, quanto no inverno. É uma cidade spa, com suas águas termais, além do lago que tem várias praias com água cristalina e as montanhas alpinas emoldurando toda região.

Dia 9 – Aix le Bains a Chambéry

Ainda um pouco fora da rota, mas bem próximo do Rio Rhône, saímos de Aix les Bains sentido Chambéry, que está à 45km de distância.

Mais uma cidade que vale uma visita, Chambéry tem uma história muito rica, é capital histórica de Sabóia desde o século XIII e só foi anexada à França em 1860. Na parte da cidade velha encontramos vários monumentos históricos e ruas super charmosas.

Foi um dia mais curto de pedal para curtir essa cidade.

Dia 10 – Chambéry a Saint Genix

Chambéry passando pelo lac d’Aiguebelette com destino final Saint Genix.
Um dia que surpreendeu pelas paisagens, foi muito lindo!
A cor da água desse lago é incrível! Depois de fazer uma parada no lago, com direito a banho e um lanche delicioso à beira do lago, seguimos sentido Rio Rhône.
Chegamos no topo do Col du Banchet, uma subida dura, mas que valeu pelo visual de todo desfiladeiro Du Banchet. E a descida foi maravilhosa contornando as falésias, inesquecível.

Toda essa região é bem rural e faz parte de uma das mais importantes na fabricação de queijos da França. Queijos de Auvergne.
Tivemos a sorte de encontrar um Château em Saint Genix, onde terminamos nosso dia.

Dia 11 – Saint Genix a Cremieu

Retornamos a rota eurovelo 17 acompanhando o Rio Rhône.
Começamos o dia com chuva e mesmo com dia chuvoso a cor do rio é linda.
Passamos por Morestel, uma cidade bem charmosa.
No caminho cruzamos um campo de girassóis todo florido. Vimos as primeiras lavandas da viagem e as abelhas que produzem o mel de lavanda polinizando as flores (nunca tinha visto essa espécie), são enormes.
O sol apareceu e os campos de trigo ficaram dourados.

No final do percurso fomos contornando as falésias do planalto de Larina (com um sítio arqueológico com vestígios desde o período Neolítico), até a cidade de Cremieu. Uma cidade medieval encantadora que preserva uma parte da muralha e as portas de entrada da cidade e outras construções que datam do século XII.

Dia 12 – Cremieu a Lyon

Dia mais curto de pedal. Seguimos para Lyon, onde iremos fazer nosso segundo dia de descanço.
Para chegar em Lyon, que  é a terceira maior cidade da França, passamos por 2 parques enormes com o Rio Rhône ao lado.

O Grand Parc de Miribel-Jonage foi construído com o objetivo de conter inundações do Rio Rhône, como uma área de proteção da fauna e flora local e também uma grande área de lazer. Ainda tem o Lac des Eaux Bleues, de água cristalina e bem azul, foi perfeito para um banho.

O parque tem vários percursos possíveis para correr, pedalar e praticar esportes aquáticos e está 10km de Lyon.

Continuando o curso do Rio, entramos num outro parque, o Parc Tête d’or, o maior parque urbano da França. Esse parque também é belíssimo e tem muitas opções de lazer para todos os gostos e está no centro de Lyon.

Entramos em Lyon pelas margens do rio e paramos para almoçar num dos vários barcos que são restaurantes, bares…, numa parte muito legal da cidade.
Lyon foi uma das cidades que mais gostei dessa viagem.

Continua…

1 thought on “Cicloviagem Zurich A Barcelona – Parte 2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.